Amazon MP3 Clips

sábado, 27 de abril de 2013

Rikki Tikki Tavi


Olá lobinhos!!!!

Vamos conhecer a história de Rikki-Tikki-Tavi.





Esta história aconteceu com Teddy e sua família.
Arrastado por uma avalanche de terra e de pedras produzidas pelas chuvas de verão da Índia, eu cheguei muito machucado ao jardim de uma pequena casa onde viviam Teddy e seus pais.
Eles trataram dos meus ferimentos e me acolheram com muito carinho e então passei a fazer parte da família. Quando recuperei minhas forças, dei um salto fenomenal e fui parar no ombro de Teddy.
Que grandes amigos nos tornamos desde então!
Tinha muito carinho por meu amigo e sua família, além de muita gratidão porque, sem a sua ajuda, teria morrido.
Em certa ocasião pude demonstrar-lhes todo o meu afeto, salvando-os do ataque de Nag, a cobra malvada, e sua perigosa esposa Nagaina. Nesse dia eu estava no jardim conversando com Darzee, o pássaro tecelão, e com sua amável esposa Darzeena, quando ouvi um silvo que vinha do gramado.
Rapidamente dei um pulo para trás e vi duas cobras, com as cabeças bem erguidas e os capuzes abertos.
Elas acreditavam que eu iria ficar apavorados só por vê-las, mas certamente não sabem que nós mangustos somos difíceis de assustar. Além disso, lembro-me que minha mãe sempre me ensinou que devemos lutar contra serpentes venenosas.
Sendo tão jovem, senti-me muito bem pela forma como consegui evitar o ataque pelas costas de Nag e
Nagaina. Isso me deu muita confiança e também me ensinou a estar sempre alerta, pois os perigos estão
por toda a parte.
Em outra vez, Teddy veio até mim e quando se abaixou para me colocar no seu ombro, percebi alguma coisa se mover entre a poeira e uma voz bem fraca disse:
- Cuidado! Eu sou a morte!
Quem falava era Karait, uma pequena serpente cor de terra. Sua picada é tão mortal quanto à de qualquer outro animal venenoso, no entanto é mais perigosa por ser pequenina e todos subestimarem sua importância.
Teddy estava em perigo.
Sem vacilar, avancei em direção a Karait, ondulando meu corpo como se estivesse dançando.
A serpente atacou imediatamente, mas eu saltei sobre suas costas e dei-lhe uma mordida fatal.
Assim consegui salvar a vida de Teddy mais uma vez. Ele e seus pais ficaram muito felizes e eu também
fiquei muito satisfeito com as minhas ações.


Agora que já conhecemos a história é hora de aprendemos a música.

RIKKI TIKKI TAVI
Melodia: "Croc, croc", da Xuxa


Rikki Tikki
Tikki Tavi.
O mangusto que um dia
o jovem Teddy acolheu.

Rikki Tikki
Tikki Tavi.
Que prova de amizade que ele deu.

Darzee, o passarinho que vivia no jardim
temia a cobra Nag que do mal estava a fim.

Mas todos se uniram para Nag enfrentar
e Rikki Tikki Tavi, o valente, foi lutar.

Nag e Nagaína
eram um perigo.
Rikki acabou com eles
defendendo o seu amigo.


Rikki Tikki
Tikki Tavi.
O mangusto que um dia
o jovem Teddy acolheu.

Rikki Tikki
Tikki Tavi.
Que prova de amizade que ele deu.


Fonte: http://lobinhosdoadelckbistao.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário